Para o J.

02:48


Ainda há pouco tive a oportunidade de corrigir o mal que fiz a um grande amigo meu.
Sei que talvez o devesse ter feito mais cedo, que deveria ter lidado com isso logo na altura mas não foi isso que aconteceu porque não era o que deveria acontecer.
Tinha de acontecer agora.
Primeiro, tive de crescer.
Pensar no que é importante. 
Lidar com as consequências das minhas acções.
Não ter medo de tentar fazer o que é correcto.
E foi o que aconteceu. 
Tive a oportunidade, tive medo, mas fui.
Perguntei, falei, a voz tremeu-me e chorei.
Não sabia o que ia acontecer mas isso não me demoveu, prefiro arrepender-me de algo que fiz do que arrepender-me de algo que tive demasiado medo de fazer.
E foi bom.
Uma pessoa que é importante merece saber isso mesmo, merece saber o quão importante é para nós.
Mas vale tarde que nunca. Nunca é que é tarde demais.
Sei que nada muda o passado e o que te magoei.
Só sei que aprendi muito com esta situação e tive de crescer para poder lidar com ela da maneira que devia.
Fico feliz por te ter visto, por me teres ouvido, por ter falado contigo, e por estares bem e feliz :)
Sinto-me bem por o ter feito, sempre o mereceste mas eu não era a pessoa que sou agora.
Ainda bem que tive a coragem para fazer o que acho correcto, o que mereces e o que acredito.
Obrigada J., por tudo.

You Might Also Like

0 comentários

Posts populares